Pensamentos Criativos

A idade não é um pretexto para que se fique velho. (G. Slattery)

A nossa cidade

Conhece-nos!

Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Queres saber as horas?

És o visitante nº

alquiler de pisos
alquiler de pisos

Arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Posts recentes

Até sempre...

2 de Junho - Dia do Idoso...

Próxima paragem: Dia do I...

Poster A0 e Relatório Fin...

Resumo Semanal (18.05.08 ...

tags

queluz(28)

idosos(18)

envelhecimento(16)

resumo semanal(15)

jf(10)

notícias(10)

imagem de reflexão da semana(7)

o melhor do mês(6)

desafio(5)

entrevista(5)

imagem de reflexao da semana(5)

problemas(5)

universidade sénior(5)

1ºperíodo(4)

correio da cidade(4)

inquéritos(4)

património(4)

calendarização(3)

câmara municipal(3)

ccc(3)

ccc desafios(3)

debate(3)

dificuldades / problemas(3)

educação(3)

imagem d reflexão da semana(3)

jfma(3)

jfq(3)

monte-abraão(3)

natal(3)

noticia(3)

objectivos(3)

programa cidades amigas do idoso(3)

auto-avaliação(2)

conversa(2)

dia do idoso(2)

diagnóstico(2)

entrevistas(2)

junta de freguesia(2)

mapas(2)

melhor do mês(2)

pensamentos criativos(2)

plano de acção(2)

pontos fortes(2)

pontos fracos(2)

poster(2)

presidente(2)

relatório final(2)

resumo da semana(2)

solidariedade social(2)

teatroesfera(2)

vídeo(2)

voluntariado(2)

2007(1)

2ºperíodo(1)

3ºperíodo(1)

actividade(1)

actividades económicas(1)

agenda online(1)

amália rodrigues(1)

avaliação de ap(1)

todas as tags

O que pode encontrar aqui ...

Neste blog podem encontrar não só um retrato social, económico e cultural da cidade de Queluz, mas também, e essencialmente, uma abordagem à realidade das pessoas idosas da nossa cidade, sendo que o nosso subtema é "QUELUZ>64" e o nosso grande propósito é que Queluz possa, um dia, ser considerada como um exemplo a nível nacional e mundial de Cidade Amiga do Idoso. (Para compreender melhor o nosso projecto leia as publicações que fizemos ou consulte os links que temos na barra lateral direita acerca do Programa Cidades Amigas do Idoso).
Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2008

Mapas da Cidade de Queluz no Google Earth

   Finalmente os nossos mapas! O grupo, respondendo à recomendação do CCC para a 2ª fase dos projectos, assinalou, nos seguintes mapas, as instituíções e áreas territoriais de maior destaque da cidade.Para tal recorremos a três cores:

Amarelo - utilizámos esta cor para destacar apenas a nossa escola;

Vermelho - utilizámos para destacar as áreas territoriais que consideramos serem as principais áreas de intervenção;

Verde - esta cor foi usada para o restante património e para outras áreas de destacar na nossa cidade.

   Sentimos necessidade de separar o mapa da Cidade de Queluz em 3 mapas distintos - correspondendo cada mapa a uma freguesia da cidade -, pois a nossa cidade já ocupa uma grande extensão e portanto seria difícil de colocar no blog um mapa tão grande.

.

Freguesia de Queluz

.

.

Freguesia do Monte-Abraão

.

.

Freguesia de Massamá

.

.

Legenda:

(Freguesia de Queluz)

1 - Estação de Queluz-Belas

2 - Jardim Conde Almeida-Araújo

3 - Junta de Freguesia de Queluz

4 - Torre do Relógio e Pousada D. Maria II

5 - Bairro do Chinelo

6 - Palácio Nacional de Queluz

7 - Parque de Manutenção

8 - Parque Felício Loureiro

9 - Aqueduto das Águas Livres

(Freguesia do Monte-Abraão)

10 - A nossa Escola (Escola Secundária Miguel Torga)

11 - Real Sport Club

12 - Teatroesfera

13 - Estação de Monte-Abraão

14 - Solar dos Menezes de Sousa e Escola E.B. 2 3 D. Pedro IV

15 - Centro de Saúde de Monte-Abraão

16 - Junta de Freguesia de Monte-Abraão

17 - Jardim 25 de Abril

(Freguesia de Massamá)

18 - Parque Salgueiro Maia

19 - Shopping de Massamá

20 - Zona Industrial de Massamá

21 - Chafariz de Massamá

22 - Estufa da Quinta das Flores

23 - Centro de Saúde de Massamá

24 - Junta de Freguesia de Massamá (não sabemos a localização exacta)

.

   Queremos pedir desculpa porque esquecemo-nos de marcar no mapa a Estação de comboios de Barcarena, que também consideramos de grande importância para a cidade. Acrescentamos então que esta se localiza perto do Shopping de Massamá, assinalado no mapa com o nº19.  

Sentimo-nos: uns guias turísticos
posted by polisxxi às 19:20
link do post | comenta! | Elege-nos como teus favoritos!
|
Domingo, 24 de Fevereiro de 2008

Resumo Semanal (18.02.2008 - 24.02.2008)

   Boa noite! Cá estamos nós, mais uma vez, para vos falar sobre o que de mais importante fizemos esta semana. Então, que fizemos nós?...

.

- Fomos à Universidade Sénior de Queluz entregar os inquéritos baseados na checklist. Durante a próxima semana passaremos por lá para os recolher. Em breve disponibilizaremos, no blog, um exemplar desses inquéritos, visto que o nosso projecto passará em grande parte pela resposta da população idosa a estes e pela nossa análise dos mesmos.

. 

- Conversámos com a Dr. Andreia, da Junta de Freguesia do Monte-Abraão, para esta nos ajudar a entrar em contacto com algumas instituições de apoio a idosos da freguesia, de forma a conversarmos com alguns idosos e apurarmos a sua opinião acerca da forma como a cidade de Queluz integra e apoia a sua população mais velha. A Drª Andreia ficou então de contactar algumas instituições e marcar-nos uma visita às mesmas. Durante estas visitas iremos conversar com os idosos individualmente - questionando-os com base na checklist - e anotar as áreas especificas em que estes considerem ser mais urgente intervir.

    Como podem notar, desta vez decidimos utilizar uma estratégia de levantamento da opinião dos idosos diferente, sendo que na Universidade Sénior de Queluz decidimos distribuir inquéritos e nestas instituições questionaremos os idosos directamente e individualmente. Decidimos fazê-lo para diversificarmos o nosso processo de recolha de opiniões, enriquecendo desta forma o nosso trabalho.

- Fomos ao Teatroesfera falar com a Drª Paula Sousa sobre o guião. Esta ficou de nos telefonar durante esta semana para nos ajudar no desenvolvimento do mesmo.

.

- Respondemos ao desafio lançado pelo CCC e estamos a analisar as recomendações para o desenvolvimento da 2ª fase dos projectos;

.

- Distribuimos pela turma os papéis de autorização para a visita de estudo que estamos a organizar. Esta realizar-se-á no dia 13 de Março, sem qualquer custo, e durante a próxima semana elaboraremos o roteiro com os locais que pretendemos visitar.

.

- Começámos a realização do relatório a entregar à professora de AP na próxima sexta-feira. Este focará o desenvolvimento do nosso trabalho de pesquisa.

 

Sentimo-nos:
posted by polisxxi às 22:00
link do post | comenta! | Elege-nos como teus favoritos!
|
Sábado, 23 de Fevereiro de 2008

Imagem de reflexão da semana

.
   Esta semana pedimos para reflectirem sobre os chamados “graffiti” que, infelizmente, encontramos espalhados pelas paredes e prédios da nossa cidade.
   Arte urbana ou vandalismo? Esta é a questão.
   Há quem defenda que os graffiti são mais uma das formas de degradar o património, mas não serão eles mais uma das novas formas de artes do século XXI?
   Deveriam ser criados espaços próprios para este tipo de arte, ou deveriam ser punidos os seus autores?
Sentimo-nos:
posted by polisxxi às 22:32
link do post | comenta! | Elege-nos como teus favoritos!
|
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008

Desafio lançado pelo CCC

   Foi então com muito interesse que recebemos o desafio da organização do CCC (06/02/2008) de enviarmos um documento com uma descrição do que foi o nosso trabalho até agora e quais são os nossos objectivos futuros. Sendo assim, enviamos de seguida o nosso resumo do trabalho até agora desenvolvido e pedimos desculpa pelo nosso atraso.
 
- Objectivo do trabalho
   Quando decidimos integrar este projecto, tínhamos como principais objectivos tomar consciência dos maiores problemas que a nossa cidade enfrenta assim como todas as potencialidades que esta possui. Pretendemos, desta forma, contribuir com as nossas ideias iniciativas para, no futuro, Queluz ser uma cidade onde se viva melhor.
   Optámos por abordar a temática do envelhecimento por considerarmos que esta é uma das áreas em que a cidade necessita de uma maior intervenção. De facto, a existência de uma elevada taxa de envelhecimento na freguesia de Queluz e por considerarmos que o apoio da cidade de Queluz à população idosa deverá ser melhorado levou-nos a tomar esta decisão.
 
- Conclusões do diagnóstico (aspectos relevantes / questões críticas)
   No início do segundo período realizámos um resumo do diagnóstico da Cidade feito no 1º Período, no qual identificámos os principais pontos positivos e negativos de Queluz. Podemos então destacar as seguintes conclusões:
  •  A cidade tem uma boa localização geográfica, beneficiando assim de várias oportunidades que Lisboa oferece (elevado nº de serviços ao dispor da população, comércio, emprego, transportes, etc.) e ao integrar o Concelho de Sintra beneficia do seu estatuto de Património Mundial, pelas suas características históricas e ambientais;
  • Na cidade existem inúmeros espaços verdes, contribuindo estes para uma maior consciência ambiental e para um enriquecimento e diversificação das actividades de lazer dos habitantes;
  • A cidade de Queluz tem um património diversificado, sendo de destacar o Palácio Nacional de Queluz, a Anta de Monte-Abraão e parte do Aqueduto das Águas Livres;
  • Queluz é uma cidade em que o sector dos serviços é predominante. O sector primário não tem grande importância na estrutura económica da Cidade e a realidade do sector secundário em Queluz é marcada pela existência de um Pólo principal de indústrias (a Zona Industrial de Massamá);
  • O tráfego intenso, a escassez de acessibilidades e a falta de estacionamento são características marcantes da Cidade;
  • A insegurança e a criminalidade que chega a ser referida nos media;
  • Infra-estruturas insuficientes;
  • Pobreza escondida;
  • Envelhecimento da população, principalmente na freguesia de Queluz.
- objectivos para o futuro da cidade/vila, identificando eventuais áreas temáticas de aposta e/ou unidades territoriais estratégicas
            Como referimos anteriormente, o grupo apostou no desenvolvimento de medidas na vertente do envelhecimento da população. Pensamos então que Queluz tem todas as condições para se tornar das primeiras “Cidades Amigas das Pessoas Idosas”, em Portugal. É então nosso objectivo dar a conhecer às Juntas de Freguesia e à Câmara Municipal este programa a nível internacional (OMS) para que estas, adaptando todas as estruturas económicas e sociais da cidade, possam levar Queluz a integrar a rede internacional de “Cidades Amigas das Pessoas Idosas”. Este programa passa então por dar voz às pessoas idosas, isto é, através de uma checklist, estas pessoas acabam por indicar as áreas (saúde, emprego, inclusão social, equipamentos, espaços exteriores, transportes…) nas quais se devem intervir urgentemente, retratando o seu ponto de vista, as suas necessidades e o que vêm que pode solucionar os vários problemas. Queremos dizer que, em vez de sermos nós a fazer um diagnóstico das condições de vida e dificuldades das pessoas idosas, são elas que nos irão dizer as dificuldades que sentem no dia-a-dia em Queluz (este programa alarga os nossos horizontes; não é o ponto de vista exterior - neste caso o nosso - que interessa mas sim o daqueles que todos os dias acabam por se defrontar com inúmeras barreiras que nem sequer nós imaginamos).
            São unidades territoriais estratégicas da nossa cidade: 
  • Os espaços verdes como o Jardim Conde Almeida Araújo, o Parque Felício Loureiro, o Parque de Manutenção, o Jardim 25 de Abril, o Parque Salgueiro Maia e a Quinta das Flores;
  • A zona monumental de Queluz, onde se encontra uma grande parte do nosso património; 
  • Os Quatro-Caminhos de Queluz, por ser um importante local dinamizador da cidade ao nível do comércio e dos serviços;
  • As três estações de comboios da cidade, com especial relevância para a de Monte-Abraão por ser um interface;
  • A zona do Shopping de Massamá, por ser uma importante zona de comércio.
- Envolvimento da comunidade na nossa reflexão
            A divulgação do nosso trabalho será (e está) a ser feita de diversas formas. Entre elas:
  • Distribuição de cartões pela cidade (tanto na rua como na escola e instituições) e outras estratégias – como por exemplo o recurso aos nossos e-mails pessoais etc. ;
  • Entrevistas dadas por nós a meios de comunicação social da cidade;
  • Realização de uma visita de estudo (13/03/2008). Os objectivos desta serão dar a conhecer ou relembrar aos nossos colegas os locais mais característicos da cidade, ou seja, aqueles que consideramos ser os elementos que definem a identidade da nossa cidade;
  • Realização de um teatro no grupo “Teatroesfera” (grupo de teatro conceituado a nível nacional) – o guião está a ser escrito por nós e irá basear-se em muitos dos aspectos por nós investigados, mas com especial incidência para o envelhecimento e tendo Queluz como pano de fundo. Iremos divulgar esta peça em várias instituições e /ou escolas da cidade e o nosso grande objectivo é que uma pequena parte dos lucros que o Grupo Teatroesfera obtenha, revertam para algumas instituições de apoio a idosos. É este o grande objectivo do nosso trabalho! 
 
Sentimo-nos: atarefados
posted by polisxxi às 20:45
link do post | comenta! | Elege-nos como teus favoritos!
|
Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2008

Conversa com a Presidente da Junta de Freguesia do Monte-Abraão

    Fomos, no passado dia 22 de Janeiro, às instalações da Junta de Freguesia de Monte Abraão, para mais uma entrevista, desta vez à presidente Fátima de Campos. Para além da presidente, estiveram também presentes uma técnica de acção social e um vogal do executivo, a Dra.Andreia e o Dr. André. Fomos tão bem recebidos que a entrevista planeada acabou por se tornar numa conversa informal acerca da freguesia e da cidade.

    Começaram então por nos fornecer alguns dados sobre a freguesia:
• Foi fundada a 12 de Julho de 1997;
• Conta hoje com cerca de 45 mil habitantes;
• É uma das freguesias mais jovens do país;
• É a 36ª freguesia mais densamente povoada do país.

    Pedimos depois para nos falarem daqueles que pensam ser os principais problemas na Freguesia. Foram então referidos:
• Falta de equipamentos sociais;
• Falta de estacionamento;
• Falta de iluminação pública;
• Insegurança;
• Falta de uma consciência de Cidade;
• E falta de equipamentos culturais.

    No entanto, pareceu-nos que o principal problema com que a Freguesia se encontra e o que mais necessita de resolução é a pobreza escondida. Existe ainda muita população que vive abaixo do que deveria de ser aceitável e não pede ajuda, e que acabam muitas vezes por passar pelas dificuldades sozinhas. Grande parte destas pessoas são obviamente idosos.
Foi assim neste sentido que a Junta De Freguesia, com os poucos recursos que tem, resolveu investir na área psico-social, tendo sido este o seu maior investimento ate hoje. 

    Este problema levou a várias reuniões com diversos organismos, de onde surgem:
• Um gabinete de apoio ao idoso;
• Apoio psicológico ao domicílio;
• Banco alimentar;
• Apoio domiciliário (tratar da higiene, das tarefas domesticas, da comida, etc.).

    Seguindo a filosofia de trabalho desta Junta “ Tentamos ver os idosos de uma forma positiva”, são organizadas frequentemente idas ao teatro, cinema ou praia, passeios culturais, actividades entre jovens e idosos, aulas de yoga (gratuitas), noites de poesia/fado e cursos de alfabetização. Para além de todas estas actividades organizadas pela Junta, os idosos e a população em geral, podem também contar com a sensibilidade da Presidente Fátima De Campos, que recebe e ajuda, sempre que é possível, os habitantes da Freguesia.

    Perguntamos depois quais as principais obras e objectivos conseguidos até ao momento pela Junta. Estes foram então:
• Parque 25 de Abril;
• Polis desportivos;
• Recuperações de pracetas;
• Criação de jardins e zonas de lazer;
• Criação de acordos com o centro de saúde com a finalidade de ajudar os idosos doentes;
• Criação de parques infantis;
• Arranjo das calçadas;
• Apoio aos três clubes da cidade;
• Ajuda nas despesas de funerais para a população mais carenciada;
• Criação de rampas nos prédios para população com dificuldades de mobilidade.

    Para finalizar a conversa perguntámos quais eram as principais ambições da Junta para o futuro. Foi-nos então dito que a maior vontade da Junta é construir um centro comunitário para ajuda da população necessitada. Para além disso, a Presidente pede também maior iluminação nas ruas, maior policiamento (carros da policia a circularem pela cidade), realização de campanhas com idosos para prevenção dos assaltos e da criminalidade e por último, mas não menos importante, a Presidente deseja que exista uma maior união e um trabalho conjunto entre as três freguesias (Queluz, Monte Abraão e Massamá) para que Queluz funcione realmente como uma cidade.

    Termina assim a nossa entrevista à Junta de Freguesia De Monte Abraão, e pelo pouco tempo que estivemos em contacto com apenas três das pessoas que ali trabalham, percebemos que é uma Freguesia bastante empenhada em melhorar as condições de vida dos seus habitantes. 
   

    Agradecemos então a disponibilidade da Presidente Fátima De Campos, e também a ajuda oferecida pelos seus acompanhantes, Dra. Andreia e Dr. André.

Sentimo-nos:
posted by polisxxi às 11:54
link do post | comenta! | Elege-nos como teus favoritos!
|
Domingo, 17 de Fevereiro de 2008

Resumo semanal ( 11.02.2008 - 17.02.2008)

   Esta foi, na nossa opinião, uma semana extremamente produtiva, visto que vimos o nosso projecto a avançar cada vez mais, e num bom sentido! Esperemos que nas próximas semanas seja sempre a melhorar!

.

Querem saber o que fizemos de mais importante esta semana?

- Fizemos um resumo com as conclusões mais importantes que tirámos da conversa com a Dr.ª Gregória von Amann da Direcção Geral da Saúde;

.

- Concluimos a tradução da "Checklist of Essencial Features of Age-friendly Cities” para podermos começar a pedir às instuições relacionadas de alguma forma com os idosos da cidade, que nos ajudem na avaliação da nossa cidade, levando as pessoas idosas a responderem a estas perguntas, para nós, posteriormente, analisarmos os resultados;

.

- Fomos até à Universidade Sénior, no passado dia 13 de Fevereiro, para  darmos a conhecer avanços no nosso projecto e pedir a colaboração desta instituição na avalição da nossa cidade. Combinámos passar por lá dia 18 de Fevereiro (segunda-feira) para levar as perguntas já traduzidas;

.

- Combinámos com a Dr. Andreia, técnica de acção psico-social da Junta de Freguesia do Monte-Abraão, irmos lá na próxima terça-feira de manhã, para esta nos colocar em contacto com algumas instituições da freguesia do Monte-Abraão que apoiam idosos, e nos auxiliar na avaliação da nossa cidade;

.

- Na sexta-feira, dia 15 de Fevereiro, fomos até ao Teatroesfera para falarmos com a Dr.ª Paula Sousa sobre alguns pormenores da peça (apoios financeiros de que necessitam, datas de representação da peça, etc.) e para lhe pedirmos algumas orientações no guião. Como esta não estava disponivel, combinámos passar por lá na próxima terça-feira à tarde;

.

- Ontem, dia 16, encontrámo-nos durante a tarde para continuarmos a falar sobre a peça. Já concluimos a caracterização das personagens da peça e começámos a escrever o guião!

Sentimo-nos: organizados
posted by polisxxi às 12:35
link do post | comenta! | Elege-nos como teus favoritos!
|
Sábado, 16 de Fevereiro de 2008

Imagem de reflexão da semana

 

Foto tirada por Pedro Kalache, quando o seu avô viu pela primeira vez a sua filha, ou seja, quando bisavô e bisneta se encontraram pela primeira vez...

Sentimo-nos:
posted by polisxxi às 13:59
link do post | comenta! | Elege-nos como teus favoritos!
|

Conversa com o Presidente da Junta de Freguesia de Queluz

    Como sabem, nós decidimos conversar com as entidades politicas mais importantes da nossa cidade (Presidentes das Juntas de Freguesia e Presidente da Câmara Municipal de Sintra) não só para lhes darmos a conhecer o nosso projecto e enriquecermos o nosso conhecimento acerca da cidade, mas essencialmente para discutirmos com estas entidades:

- os maiores problemas que a cidade enfrenta;

- o que as juntas de freguesia estão a fazer no sentido de minorar estes problemas;

- os maiores obstáculos/dificuldades com que as pessoas idosas se deparam nesta cidade (passeios, habitações mal equipadas, transportes, informação, etc.);

- o que está a ser feito e o que deve ser feito para melhorar a qualidade de vida das pessoas idosas da nossa cidade.

 

    O grupo já conversou, no passado dia 9 de Janeiro com o Presidente da Junta de Freguesia de Queluz, o Dr. António Barbosa Oliveira, e no passado dia 22 de Janeiro com a Dr.ª Fátima Campos, Presidente da Junta de freguesia do Monte-Abraão, mas ainda não obteve resposta da Junta de Freguesia de Massamá. Assim, apesar de inicialmente termos pensado em juntar as conclusões que tirássemos das entrevistas com os três presidentes e juntá-las numa só publicação, para desta forma ser mais fácil comparar os pareceres de cada um deles, não o faremos porque ainda não obtivemos resposta da Junta de Freguesia de Massamá e não sabemos quando a obteremos.

    Agora, deixamo-vos então as principais conclusões que tirámos da conversa com o Presidente da Junta de Freguesia de Queluz, e em breve publicaremos as conclusões que tirámos da conversa com a Presidente da Junta de Freguesia do Monte-Abraão.  

 

Conversa com o Dr. António Barbosa de Oliveira, presidente da Junta de Freguesia de Queluz

   No passado dia 9 de Janeiro pelas 18h30 dirigimo-nos à Junta de Freguesia de Queluz, para conversar com o Dr. António Barbosa de Oliveira acerca desta freguesia (esta conversa incidiu sobre os aspectos em cima referidos).
   Quando o questionámos acerca dos maiores problemas que afectam a freguesia de Queluz, este referiu:

• A mobilidade
   Como a freguesia de Queluz foi edificada já há alguns séculos atrás, nessa altura não existiam carros. Desta forma, actualmente os passeios e as ruas tornaram-se estreitas para a movimentação e para a quantidade de transportes que circulam na freguesia, o que condiciona a mobilidade da população.
   Este problema é agravado pela escassez de espaço para estacionamento, acabando os condutores por estacionar os seus veículos em locais não apropriados como os passeios (local de passagem dos peões), dificultando ainda mais a deslocação das pessoas, particularmente daquelas que apresentam dificuldades físicas (pessoas idosas, pessoas deficientes motoras) ou de mães com carrinhos de bebés.

   Neste sentido a junta de freguesia de Queluz tem tentado criar espaços alternativos para estacionamento, como por exemplo estacionamento subterrâneo. Contudo, devido aos elevados custos de implementação destas infra estruturas e á falta de apoios estes projectos acabam por muitas vezes ficar no papel.
   Para além disso, a junta rebaixou todos os passeios da freguesia de forma a facilitar a mobilidade dos seus habitantes.

• Envelhecimento da freguesia
   O envelhecimento da freguesia de Queluz é hoje um facto. Isto explica-se, como o grupo já referiu anteriormente, pelo carácter de cidade dormitório que Queluz adquiriu por volta dos anos 50/60. Nesta altura, vários trabalhadores de Lisboa deslocaram-se para zonas periféricas à capital (como Queluz) em busca de habitação a menores custos. Esta população permaneceu todos estes anos em Queluz e representa hoje a nossa população idosa.
   Contudo, previsões recentes do INE indicam que dentro de 15 a 20 anos esta freguesia vai rejuvenescer devido à ocupação de casas abandonadas na freguesia por parte de imigrantes e pela ocupação de casas herdadas de antepassados, sendo agora os mais jovens a ocupá-las.


• Degradação dos edifícios e do mercado de Queluz
   Na freguesia de Queluz existem pelo menos 100 edifícios que necessitam de reabilitação urgente, devido à sua antiguidade. Para alem disso, o mercado da freguesia apresenta problemas como a falta de espaço, infiltrações de água e a falta de estacionamento.

   No que diz respeito a este problema, a junta de Queluz tenta, sempre que possível, reabilitar muitos destes edifícios. No entanto, devido ao facto de alguns destes estarem localizados na zona especial de protecção do palácio de Queluz, torna-se difícil de obter pareceres positivos por parte das entidades competentes.

• Centro de Saúde de Queluz
   Não tem as condições necessárias a um óptimo atendimento da população.
_____________________________________________________

   Para além de estar a tentar minimizar estes problemas, a junta de freguesia aposta também da área social através de diversos programas e projectos que visam apoiar a população da cidade:
o A junta trabalha já há 10 anos em conjunto com varias instituições, como o centro de saúde, a igreja, a santa casa, a segurança social e a associação de reformados, no sentido de apoiar 200 famílias a nível de limpeza, acompanhamento médico, higiene etc.;
o Atendimento social todas as quartas e quintas;
o A junta oferece senhas em compras no valor de 55 euros na noite de natal;
o Apoio psicológico pago pela junta que actua nas escolas primarias assim como apoio financeiro para material escolar.


Em relação á cultura, desporto e educação a junta de freguesia de Queluz realiza:

o Cerca de 10 bailes por ano na associação de bombeiros de Queluz;
o 4 Prémios desportivos por ano;
o 4 Concertos corais no palácio nacional de Queluz;
o Comemorações do 25 de Abril;
o Concurso de presépios entre as escolas da freguesia.


    No fim de enunciar estes problemas, e referir o que a junta de freguesia está a fazer no sentido de melhorar o nível de vida da sua população, o Dr. António referiu:

.

“Quando estes problemas estiverem resolvidos, será muito mais gratificante morar em Queluz”.

Sentimo-nos:
Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2008

Conversa com a Drª Gregória Von Amann da DGS...um passo importantíssimo para o nosso projecto!

     Como sabem, no dia 1 de Fevereiro fomos até à Direcção Geral da Saúde, em Lisboa, para conversar com a Dr.ª Gregória Von Amann sobre o Programa Cidades Amigas das Pessoas Idosas, visto que o nosso projecto vai incidir em grande parte sobre este Programa. O grande objectivo desta conversa era ficarmos a conhecer, por parte de alguém que está envolvido neste Programa em Portugal, como surgiu o Programa Cidades Amigas das Pessoas Idosas, em que fase está este programa em Portugal e, essencialmente, como devemos proceder para fazer a avaliação da nossa cidade com base neste programa. A Drª Gregória von Amann respondeu a todas estas nossas questões e é sobre estas que vamos agora falar.  

 

 

 

Como surgiu o Programa Cidades Amigas das Pessoas Idosas?

   A ideia surgiu no decorrer de uma conferência da OMS. Foi pedido ao Professor Alexandre Kalache que desenvolvesse um esboço de um projecto que fosse inovador, criativo e que cativasse a atenção dos media. Como o Professor Alexandre Kalache é natural de Copacabana e este bairro apresenta uma das maiores médias de idade e de concentração de idosos no Brasil, possuindo taxas de envelhecimento próximas das dos países mais envelhecidas do Mundo, o Professor decidiu criar algo relacionado com o envelhecimento nas cidades. Nasceu, assim, o Programa "Cidades Amigas das Pessoas Idosas".

     Este projecto foi lançado pela OMS no XVIII Congresso da Associação Internacional de Gerontologia e Geriatria (IAGG) no Rio de Janeiro, em Junho de 2005.

 

Em que fase se encontra este Programa em Portugal?

    Este programa encontra-se num fase embrionária em Portugal. Já demos a conhecer este Programa ao Ministério da Saúde e frisámos a importância da sua implementação em Portugal, um país onde já existem mais pessoas idosas do que jovens, tendência esta que continuará a acentuar-se nas próximas décadas. Obtivemos um parecer positivo do Ministério da Saúde, contudo, é necessário um grande investimento para este Programa ir para a frente e, portanto, este abrangerá de início apenas 4 ou 5 cidades do país.

    Neste momento encontramo-nos a traduzir o Guia da OMS para português, assim como o folheto informativo e a lista com as principais características de uma cidade amiga das pessoas idosas.

 

Como devemos proceder na avaliação da nossa cidade?

    Vocês são o primeiro grupo de estudantes interessados em avaliar a sua cidade no âmbito das Cidades Amigas dos Idosos, apesar de já existirem entidades politicas e instituições de outras cidades portuguesas a querer fazê-lo, como Cascais. Esta avaliação não deve ser feita, na realidade, não por vocês, mas pelas pessoas idosas da vossa cidade. Assim, o que eu vos aconselho é que traduzam a lista das características principais de uma cidade amiga das pessoas idosas – “Checklist of Essencial Features of Age-friendly Cities” – e que organizem um género de focus group com instituições de idosos da vossa cidade (centros de dia, universidades sénior, centros sociais, associações de reformados, etc.) onde reúnam os idosos, os vão questionando acerca das características presentes na checklist e tirem as vossas conclusões a partir do que eles disserem. Desta forma, poderão avaliar a vossa cidade do ponto de vista das pessoas idosas, pois se fossem vocês a avaliar a cidade, para vocês o maior problema poderia ser as casas mal equipadas ou a insegurança, mas para estes isso pode nem os incomodar muito, e o pior problema ser por exemplo o tempo de mudança dos semáforos. Contudo, aconselho-vos a não juntarem diferentes instituições numa só reunião, façam-no individualmente, pois se o fizessem em conjunto estariam a juntar pessoas com necessidades muito distintas e a opinião de alguns poderia sobrepor-se à de outros.

    Sugiro-vos ainda que contactem países onde o Programa Cidades Amigas das Pessoas Idosas já é bastante abrangente e está muito desenvolvido, como é o caso do Canadá ou da Suiça. Desta forma poderão fazer comparações entre cidades e opiniões das pessoas idosas e enriquecer o vosso trabalho.

_________________________________________________________

    Agradecemos muito a simpatia da Drª Gregória que até se disponibilizou a apresentar-nos o Professor Alexandre Kalache quando este vier a Portugal! Informamos também que todos estes conselhos que a Drª nos deu serão aproveitados e seguidos à risca. De facto, já começámos a entrar em contacto com diferentes instituições de apoio aos idosos de Queluz para falarmos sobre o nosso projecto e propormos o tal focus group. Para alem de irmos ouvir a opinião dos idosos da cidade iremos ainda conversar com responsáveis e funcionários destas instituições para completarmos a informação dada pelos idosos com a de pessoas que estão em contacto próximo com eles. Por fim, tentaremos contactar os responsáveis pelo programa "Cidades Amigas das Pessoas Idosas" noutros países, como o Canadá e o Brasil, para termos noção da evolução deste programa nesses países. 

Sentimo-nos:
posted by polisxxi às 16:24
link do post | comenta! | Elege-nos como teus favoritos!
|
Domingo, 10 de Fevereiro de 2008

Resumo Semanal (04.02.08 - 10.02.08)

    Cá estamos nós mais uma vez para vos relatar o nosso trabalho semanal. Esta foi uma semana bastante mais calma pelo facto de termos tido a interrupção lectiva do Carnaval até 4ª feira (inclusive) mas, de resto, empenhámo-nos ao máximo.   

 

    Então, e o que fizemos nós esta semana?

- Reunimo-nos a fim de debatermos estratégias e projectos para esta fase do trabalho. Organizámos ainda o nosso portefólio;

.

- Concluímos as entrevistas dos presidentes das Juntas de Freguesia de Queluz e de Monte Abraão;

.

- Trabalhámos no blog e publicámos duas das nossas rúbricas - "Pensamentos Criativos" e "Imagem de reflexão da semana";

.

- Contactámos novamente a junta de freguesia de Massamá.

.

- Começámos a discutir ideias para um guião para a peça a ser representada pelo Grupo de Teatro "Teatroesfera" (daqui a 1/2 semanas entregaremos a primeira versão do guião ao Teatroesfera). Ainda não escolhemos nome para a peça mas esta vai ter como cenário a cidade de Queluz e retratará, com realismo e humor à mistura, a vida dos idosos na nossa cidade. Em principio, esta peça será apresentada ao público em Abril, mas quando tivermos mais novidades avisamos!

.

     Dando por finalizado o resumo da nossa semana de trabalho, o grupo PolisXXI aproveita para vos alertar que as entrevistas aos Presidentes das Juntas de Freguesia de Monte-Abraão e de Queluz estarão disponíveis em breve.

 breve.

     Até Breve!   

Sentimo-nos: Organizados
posted by polisxxi às 11:48
link do post | comenta! | Elege-nos como teus favoritos!
|
Quinta-feira, 7 de Fevereiro de 2008

Imagem de reflexão da semana

 

 

Este sábado, dia 2 de fevereiro, visitámos a Feira que se realiza semanalmente na nossa cidade. Resolvemos dar-lhe destaque, pois como podemos ver pela foto esta não é so uma simples feira. É um aspecto dinamizador de Queluz.

A verdade é que todos os sábados a nossa cidade é mais concorrida que o habitual. Pessoas de muitos outros locais descolam-se a Queluz para comprarem as mais diversas coisas a um menor preço. E o que é que a cidade ganha com isso perguntam vocês…Bem, a verdade é que as pessoas que aqui se deslocam acabam por consumir ou mesmo visitar a cidade, fazendo de umas simples compras um passeio de fim de semana para a familia. Este facto dinamiza o comércio local e os transportes e divulga, ao mesmo tempo, a cidade de Queluz. Podemos mesmo dizer que não se pode conhecer Queluz sem conhecer a sua feira ou conhecer a feira sem conhecer Queluz.

 

Domingo, 3 de Fevereiro de 2008

Resumo Semanal (28.01.08 - 03.02.08)

  Cá estamos nós mais uma vez para vos contarmos o que fizemos esta semana. Foi uma semana em que quase todo o trabalho foi feito no tempo de aula. 

  

    Mas o que fizemos então? 

 - Realizámos um relatório para a disciplina de Área de Projecto - Relatório de Processo. Este relatório consistiu na definição de um ponto de situação do nosso projecto e na descrição das alterações feitas ao Plano de Acção, das avaliações realizadas até hoje. Este relatório tinha ainda componentes como o a nossa participação nas várias fases do trabalho e o cumprimento de tarefas e da calendarização;

  

- Trabalhámos no blog, publicando alguns posts e rúbricas;

  

- Continuámos a ediçao da entrevista ao Presidente da Junta de Freguesia de Queluz e à Presidente da Junta de Monte-Abraão;

 

- Dia 1 de Fevereiro, durante a aula de AP, dirigimo-nos à Direcção Geral da Saúde, em Lisboa, para termos uma conversa com a responsável pelo Programa Cidades Amigas da Pessoa Idosa (programa este que vai ser a base do nosso trabalho), a Dra. Gregória Von Amann. Podemos já dizer-vos que adorámos esta conversa e tivemos muita pena que passasse tão rápido aquela hora. Acima de tudo foi uma conversa muito útil que nos levou a uma reorientação do nosso projecto e métodos de trabalho.

...

    Este foi todo o trabalho por nós desenvolvido esta semana. Para a semana voltaremos a relatar tudo o que fizemos dentro e fora das nossas aulas.

  . 

    Até Breve!

Sentimo-nos: de férias
posted by polisxxi às 12:33
link do post | comenta! | Elege-nos como teus favoritos!
|

O melhor do Mês de Janeiro

    Cá estamos nós, novamente, para vos dar a conhecer o eleito do mês de Janeiro. Na primeira edição da nossa rubrica de 2008, o Melhor do Mês é A Presidente da Junta de Freguesia de Monte-Abraão , Fátima Campos.

......................

   

    A sua luta contra as linhas de Muito Alta Tensão junto de habitações no concelho de Sintra (referido anteriormente na rubrica imagem de reflexão da Semana), fez com que Fátima Campos fosse distinguida pelo Diário de Noticias e pela Revista Lux como uma das personalidades políticas do ano. De facto, a sua persistência e a vitória no Tribunal Constitucional contra a REN , tornou a Presidente da Junta de Monte Abraão no "rosto mais mediático da luta contra a linha de muito alta tensão Fanhões-Trajouce que atravessa Sintra".

    No entanto, o grupo PolisXXI não elegeu Fátima Campos apenas pelo seu destaque nesta revista e jornal. Consideramos que Fátima Campos merece mais uma vez destaque no nosso blog por toda a sua campanha a favor do bem-estar público. Todas as suas vitórias podem, assim, salvaguardar a saúde, o bem-estar e os interesses de centenas de habitantes das zonas onde a linha de muito alta tensão passa.

.

    Por toda a sua luta e dedicação, Fátima Campos está de Parabéns.

    .

    Até Breve!

.

.

Fonte: Correio Da Cidade, Janeiro de 2008, número 16

Imagem retirada de: www.sintravox.com

 

 

Sentimo-nos:
posted by polisxxi às 12:27
link do post | comenta! | Elege-nos como teus favoritos!
|
Sábado, 2 de Fevereiro de 2008

Imagem de Reflexão da semana

 

                             Antes                                                               Depois
   
   Conforme se pode constatar pela comparação das fotografias, regista-se com agrado a remoção do monte de terra e alcatrão, bem como do lixo espalhado, que se encontravam na Travessa Ruy Cinatti, em Massamá. Agora, esperemos que qualifiquem este espaço, não o deixando ao abandono.

.

Tirado de: http://massamacidadeaberta.blogspot.com/

.

Sentimo-nos:
posted by polisxxi às 00:31
link do post | comenta! | Elege-nos como teus favoritos!
|

Pesquisa aqui!

 

A nossa agenda online

Free Website Calendars by Bravenet.com View my Online Calendar
Free Calendars by Bravenet.com

Galeria Queluz

Os nossos links

blogs SAPO

Subscrever feeds